Universidade Federal de Mato Grosso / Cineclube Coxiponés

E-mail: cinecoxipones@gmail.com  / Telefone: +55 65 3615-8349

FICÇÃO

1º LUGAR

CHAMBELÁN (Fabián León López, Ciudad De Mexico - MÉXICO, 13’29”)

2º LUGAR

A RUA DAS CASAS SURDAS (Flávio Costa/Gabriel Mayer, Rio Grande do Sul - BRASIL, 7’54”)

3º LUGAR

UM ASSUNTO MEIO DELICADO

Marcelo Ikeda, Ceará - BRASIL, 18’06”)

Prêmio Especial do Júri pela sensibilidade na abordagem do tema:

PELE SUJA MINHA CARNE

(Bruno Ribeiro, Rio de Janeiro - BRASIL, 13'44")


Prêmio Especial do Júri pela originalidade narrativa:

O PREÇO DA VERDADE (Wallace Magalhães, Mato Grosso – BRASIL, 17’55”)

Menção Honrosa pela abordagem criativa de tema relevante à Realidade Brasileira:

CHEGAMOS ANTES (Cainã Tavares, São Paulo – BRASIL, 17’11”)

Menção Honrosa pela direção de fotografia:

AUTOFAGIA (Felipe Soares, Pernambuco - BRASIL, 11'21")

DOCUMENTÁRIO

1º LUGAR

SILÊNCIO (Bianca Rêgo, São Paulo – BRASIL, 18’19”)

2º LUGAR

INGRID (Maick Hannder, Minas Gerais – BRASIL, 6’46”)

3º LUGAR

O ELO PERDIDO (Sidenei Santos/Séo Cruz/Julio César/Elson Fernandes, Rio Grande do Norte – BRASIL, 7’03”)

EXPERIMENTAL

1º LUGAR

MUITO PRAZER, GABRIELA (Gabriela Gaia Meirelles, Rio de Janeiro – BRASIL, 6’52”)

2º LUGAR

A FLOR DA FRUTA (Muxfeldt Júnior, Mato Grosso – BRASIL, 1’57”)

3º LUGAR

ZARAGATA (Daniel Oliveira, Goiás – BRASIL, 9’56”)

Menção honrosa pela direção de Fotografia:

MEU RIO VERMELHO (Rafael Irineu, Mato Grosso – BRASIL, 20’)

Menção honrosa ao personagem Imbilino, pela sua relevância ao cinema autoral brasileiro:

MBILINO VAI AO CINEMA (Samuel Peregrino, Goiás – BRASIL, 15'41")

Menção honrosa por levantar a memória do cinema local:

MEMÓRIAS DO CINE ARGUS (Edvaldo Moura, Pará - BRASIL, 19’05”)


Menção honrosa pela Experimentação de linguagem:

UMA CARTA PARA LAURA KRAUSS (Gabriela Gaia Meirelles, Rio de Janeiro – BRASIL, 8’05”)

Juri Popular
LEONINA (Rodolfo Luiz, Mato Grosso – BRASIL, 8’14”)

Prêmio do Júri Técnico:

VARIAÇÕES SOBRE DEMÔNIOS MUDOS (Heitor Isoda, São Paulo – BRASIL, 18’54”)

Prêmio Especial do Juri pelo trabalho de Direção:

CANCION DE MEDIA NOCHE (José Rodriguez, La Paz – BOLÍVIA, 14’54”

Menção honrosa pelo trabalho de produção:

BALA PERDIDA (Luiz Marchetti, Mato Grosso - BRASIL 20”)

Menção honrosa pela temática abordada e construção narrativa: 
FILHOS DA LUA NA TERRA DO SOL (Daniele Bertolini, Mato Grosso – BRASIL, 15’41”)

Menção honrosa pela criatividade narrativa:

L’HISTOIRE DE LILIPUT (Marco Antonio Alarcon, Santiago – CHILE, 4’19”)

Juri Popular
VARIAÇÕES SOBRE DEMÔNIOS MUDOS (Heitor Isoda, São Paulo – BRASIL, 18’54”)